12 de fev de 2012

Vacúolos


       Os vacúolos são as cavidades do citoplasma que surgem através de invaginações ou dilatações. Além dos vacúolos digestivos, existe também o vacúolo contrátil e suco celular. Os vacúolos contráteis são encontrados em protozoários e são responsáveis por eliminar o excesso de água que se encontram nas células.

      Nas células vegetais, são muito encontrados os vacúolos de suco celular. Ele tem a capacidade de armazenar muitas substâncias como as enzimas digestivas e é utilizado para resolver problemas osmóticos.
Quanto mais jovens for à célula, mais ela terá vacúolos pequenos e difundidos. As células mais velhas possuem apenas um vacúolo grande. Isso quer dizer que conforme o passar do tempo os vacúolos existentes na célula vão se juntando e formam apenas um vacúolo grande, localizado na parte central da célula.
     Delimitado por uma membrana denominada tonoplasto. Contêm água, açúcares, proteínas; pode-se encontrar ainda compostos fenólicos, pigmentos como betalaínas, antocianinas cristais de oxalato de cálcio (drusas, estilóides, cristais prismáticos, rafídios, etc.). Muitas das substâncias estão dissolvidas, constituindo o suco celular, cujo PH é geralmente ácido, pela atividade de uma bomba de próton no tonoplasto. Em células especializadas pode ocorrer um único vacúolo, originado a partir da união de pequenos vacúolos de uma antiga célula meristemática (célula-tronco); em células parenquimáticas o vacúolo chega a ocupar 90% do espaço celular.


* Funções: Ativo em processos metabólicos, como:
- armazenamento de substâncias     (vacúolos pequenos - acúmulo de proteínas, íons e outros metabólitos). Um exemplo são os microvacúolos do endosperma da semente de mamona (Ricinus communis), que contêm grãos de aleurona
- processo lisossômico (através de enzimas digestivas, existentes principalmente nos vacúolos centrais e bem desenvolvidos, cujo tonoplasto sofre invaginações para englobar material citoplasmático contendo organelas (a autofagia ocorre em células jovens ou durante a senescência).
Se originam  a partir do sistema de membranas do complexo golgiense. Seu tamanho aumenta à medida que o tonoplasto incorpora vesículas derivadas do complexo de Golgi.


Nenhum comentário:

Postar um comentário